Casamento dos sonhos!!!

Casamento dos Sonhos

Gisele, brasileira resolveu passar uma temporada em Nova York, morava com a irmã e fazia curso de inglês. Tinha uma vida bem tranquila, dedicada aos estudos e estar com a família. Fez poucas amizades na cidade. Um belo dia foi convidada para ir com a Rose (babá da sobrinha dela) em um aniversário. Em lá chegando, foi apresentada para várias pessoas. Jamais pensou que naquele grupo de amigos ela seria tocada sentimentalmente por uma pessoa que mudaria a história de vida dela.

Ted era o seu nome. Iniciaram uma conversa, se divertiram o restante da noite, marcaram um novo encontro e desde então nunca mais se largaram. Depois de duas semanas de encontros, Gisele foi pedida em namoro. Na quinta semana fizeram uma viagem para Disney Word (um sonho desde criança para Gisele), na viagem ela recebeu um anel de compromisso. Passou um ano de relacionamento e comemoram o noivado. Um ano e meio depois eles resolveram se casar. Ele grego e ela brasileira. Foi então que Gisele optou para celebrar o seu casamento no Brasil na cidade de São Paulo, onde nasceu e morou até a sua ida para Nova York.

Gisele veio para o Brasil para cuidar do casamento, não tinha muito tempo para cuidar dos preparativos. Fizemos uma reunião apresentei a ela algumas possibilidades dentro do prazo que tínhamos. Montei um planejamento com todos os itens mais importantes que tínhamos para resolver e no prazo de duas semanas tínhamos que fechar grande parte dos fornecedores para o Casamento.

Já com o número de convidados definido, apresentei para a noiva algumas opções de lugares para realizar a sua festa. A Igreja ela já havia fechado por e-mail, mesmo estando em Nova York.

Das opções de lugares que apresentei para a noiva. Optou em celebrar no Moinho Eventos, para a noiva era primordial que fosse na Zona Leste de São Paulo, para maior comodidade de locomoção para os seus convidados. Ela ficou apaixonada pelo lugar, eu particularmente sou muito suspeito para dizer. O local é incrível e tombado pelo patrimônio histórico. O espaço tinha um pé direito alto com tesouras de madeira. As paredes de tijolos originais da construção todos aparentes, o chão rústico. Na área externa, ainda dentro do espaço, uma rua com vegetação aérea que remetia uma vila da região da Toscana. Muito romântico e muito acolhedor. Perfeito para a ocasião.

Foram duas semanas intensas de visitas, reuniões, degustações, etc. Segundo passo depois do espaço contratado, apresentei para a noiva algumas opções de buffet e os seus respectivos cardápios. A noiva fazia questão de contratar um buffet que pudesse conquistar os convidados com as delícias do seu casamento. Marcamos uma degustação, provamos alguns canapés, algumas entradas e antes de chegar o prato principal ela já havia se convencido que fecharia com eles.

A decoração foi o terceiro item para fecharmos dentro do nosso planejamento. Gisele já sabia o que gostaria para a sua decoração. Havia se apaixonado por uma decoração de casamentos que havia visto numa revista americana. Eu solicitei por e-mail um orçamento para alguns fornecedores de confiança e dentre eles optamos por uma fornecedora oriental que conseguiria reproduzir os arranjos com perfeita maestria e que acrescentaria todo um toque especial e particular como artista de era.

 A parte de sonorização e iluminação do local foi mais fácil que nós pensávamos. Uns dos fornecedores vinculado com o Moinho Eventos era conhecido da noiva. Fizemos um excelente negócio.

As novas contratações que eram urgentes, haviam terminado. Gisele voltou para Nova York, combinamos de falar por e-mail e algumas vezes por Skype quando ela queria me mostrar algo pelo webcam. E assim fomos fechando item por item até a finalização de todos os detalhes.

Faltava 30 dias para a data do casamento quando a Gisele voltou para o Brasil. O noivo chegaria 01 semanas antes para encontrá-la. Nos encontramos novamente e checamos todos os detalhes para ter a certeza que tudo estava contratado e resolvido. Montei um checklist do paço a paço, detalhe por detalhe, para o dia do Casamento. Vou dividir com vocês todos os detalhes.

O casamento aconteceu no dia 14 de fevereiro, para 300 convidados. Chegado o dia tão esperado, Gisele recebeu de presente um lindo café da manhã pelos seus padrinhos, o dia da noiva estava marcado para as 14h. Ao meio dia a Noiva, fez um lanche leve, as 13h foi com duas amigas para o dia da Noiva, fez massagem, mascará de pepino no rosto, cabelo, maquiagem, as horas foram passando e já era hora de sair para Igreja. A celebração aconteceu na Catedral Ortodoxa as 20h, sem atraso, era uma condição da Catedral. A decoração da Igreja foi branca e verde, a iluminação âmbar trouxe uma luminosidade maior para a Igreja. Gisele estava vestida com uma grife de uma loja de Nova York – BHLDN, os acessórios também eram dessa grife. As 19h55 um Roll Royce 1961 estacionou na entrada da Catedral para a entrada da noiva. A cerimônia foi linda e emocionante, foram 10 casais de padrinhos, todos muito elegantes e felizes. Final da cerimônia, os noivos saíram para as fotos tão esperadas em alguns lugares pitorescos de São Paulo, o noivo fez questão de ter essas fotos. Ele adorava o Brasil.

No meio da cerimônia parte da nossa equipe foi para o Moinho Eventos para ficar à espera dos convidados, o convidado chegava deixava o seu veículo com o Valet e adentrava a recepção, esse espaço foi decorado com árvores, alguns elementos de verde no chão e muita iluminação a ideia era estar dentro de um grande jardim. Mais adiante o convidado avistava uma fonte de água estilo as fontes italianas, a rua interna do espaço foi toda iluminada com luz direcionada, havia uma estrutura de ferro com muito verde e luminárias com velas penduradas.  Uma mesa redonda repleta de lembrancinhas latinha prateadas com laço lilás e dentro tinham m&m personalizados com as iniciais do casal e palavras de agradecimentos.

Na entrada principal do salão havia uma mesa enorme de madeira de demolição com doces, arranjos altos e baixos compunham a beleza da mesa, no chão luminária vela e vasos com buxinhos, as flores eram brancas e tons de lilás. Sobre a mesa descia um cortinado de voil branco, no canto esquerdo foi montado um longe com móveis na cor branca, muita iluminação lavando as paredes de tijolos. No salão do meio as mesas foram decoradas com toalhas, caminhos de mesa, vidros altos com vela flutuantes e arranjos baixos. Havia uma grande mesa comunitária para os familiares, sobre as mesas redondas haviam duas composições de arranjos diferentes, todos com velas para trazer o romantismo do casal, no terceiro salão havia um grande bar de bebidas, ao lado uma pista de dança e nas laterais mais mesas de convidados.

Os convidados começarão a chegar, o repertório musical escolhido a dedo pelo casal já tocava no ambiente, garçons já circulavam no salão com bebidas e logo na sequência, as canapés e entradinhas foram servidos. Todos ansiosos para a chegada dos noivos, fotos tiradas, inclusive com os padrinhos e pais. Os noivos chegam e ficam escondidos na sala que foi preparada para eles, descansaram um pouco, comeram e beberam para recarregar as energias. Agora sim, tudo pronto para a entrada do casal. Foram direto para a pista de danças, muitos aplausos, muita emoção, a noiva pede o microfone agradece a presença de todos. O bolo já posicionado no centro da pista, os noivos cortam o bolo, fazem o brindem, dançam a música que marcou o encontro deles no primeiro dia que se conheceram. Convidam a todos para dançarem junto com eles e assim deram início a toda animação, alegria e muita emoção. No momento do jantar o repertório musical era bem elegante. O serviço contratado foi de jantar Franco-Americano. Todos elogiaram demais o cardápio que foi muito bem elaborado. Após o jantar a pista de dança é aberta com um dança grega e quebra de pratos. Foi uma maneira de homenagear o noivo que era grego naturalizado nos Estados Unidos. Muita música, muita animação, os noivos ficaram a maior parte do casamento na pista de dança.

Chegada a hora de jogar o buquê, musica, microfone a mão do DJ, foi anunciado uma, duas, e três e na quarta vez a noiva joga o buquê. Ironia ou não, acho que foi coisa do destino mesmo. A pessoa quem pegou o buquê foi a amiga da Gisele (a babá da sobrinha dela). A pessoa que de certa forma contribuiu para que, aquele momento estivesse acontecendo. Afinal foi a baba quem convidou a Gisele para ir ao aniversário e foi lá que ela conheceu o amor da vida dela.

Chegada por volta das 02h30 da madrugada, quando os convidados achavam que o Casamento estava quase no final. Ouvem de longe uma batida, como se fora um bumbo, aos poucos foi se aproximando e de repente adentram ao salão a bateria, mestre sala e porta bandeira e alguns passista da Camisa Verde e Branco, era pura emoção em ritmo contagiante para fechar com chave de ouro.

Um casamento dos sonhos que aconteceu de um convite inusitado.

Itens produzidos para o Casamento

Convite, vestido da noiva e acessórios, roupa do noivo e acessórios, Igreja, decoração floral da Igreja, coral, foto e vídeo, locação de veículo, espaço para festa, buffet, bebidas, decoração da festa, sonorização, iluminação, DJ, dia da noiva, bolo, doces, atrações, locação de mobiliário, bar de caipirinhas e drinks, lembrancinhas

Dicas importantes

Fazer um planejamento financeiro de todos os itens para o casamento e apresentar para a noiva, é imprescindível para que não haja surpresas no momento das contratações.

Perguntar para o casal o valor estimado que eles pretendem investir no casamento.

Adequar o custo das prestações de serviços e fornecedores para que não haja surpresas.

Reservar uma verba extra para alguns itens pequenos principalmente para o dia do casamento.

Glossário

Serviço à Franco-Americana

Esta forma de atendimento se caracteriza pela perfeita combinação da praticidade e informalidade do estilo americano, e do charme e comodidade do estilo francês. Neste estilo, os pratos, copos e talheres são dispostos nas mesas dos convidados. Sendo que as bebidas, coquetéis, canapés, mini salgados e sobremesa são servidos à mesa, enquanto que a Ementa de frios, o Menu Principal, e a Saída são servidos em aparadores estrategicamente montados no salão do evento.

Fornecedores

Jaques Janine – Chácara Klabin

Gonçalo – Foto e Vídeo

Glamour Veículos Especiais

Carvalho e Viana – Decoração floral da Igreja

Coral – J. Antonio Produções Musicais

TRB Eventos – Sonorização e Iluminação

Espaço Moinho Eventos

Rosa Nagatomi – Decoração Floral

Buffet Arroz de Festa

Cris Coberturas – Móveis para locação

Casa Lisboa Bebidas

Maria Rita – Boleira

Lamego Doces

Mais Bar – Bar de Caipirinhas

Grupo Zorbas Danças Gregas

Escola Camisa verde e branco

 

 

Deixe seu Comentário